10 de dezembro de 2016

Mulheres e crianças pobres têm menos acesso à saúde na América Latina

Saúde preocupa America Latina
Saúde preocupa America Latina Foto: LUIS ROBAYO / AFP

As mulheres e os menores de idade pobres seguem sendo na América Latina e no Caribe os que menos têm acesso aos serviços de saúde, apesar dos avanços regionais, advertiu a Unicef nessa sexta-feira (9).

Segundo informe apresentado no Panamá, as desigualdades no acesso à saúde seguem sendo generalizadas na região, especialmente para as mulheres, grávidas e crianças, mesmo que "muitos países da América Latina e Caribe tenham procurado ampliar os serviços de saúde para as populações pobres e vulneráveis". 

Essas desigualdades de acesso à saúde as quais grupos mais pobres da região possuem os afetam "durante toda sua vida", adverte o estudo.

Entre os problemas, a Unicef destaca que muitas crianças pobres não são registradas quando nascem, o que fazem elas não poderem acessar os serviços de saúde. 

Outros, devido a suas condições de pobreza, morrem por causa de doenças tratáveis e curáveis como pneumonia, asma, ou diarreias.

No Haiti, 69 em cada 1.000 crianças nascidas vivas morrem antes dos cinco anos, seguido da Guiana (39), Bolívia (38), República Dominicana (31) e Guatemala (29). Os países com os índices de mortalidade mais baixos em menores de cinco anos são Cuba (4), Antígua e Barbuda (8), Chile (8), Uruguai (10) e Costa Rica (10).

O informe destaca também a situação das meninas pobres, as quais recebem a pior educação, que se traduz em uma maior probabilidade de ficarem grávidas precocemente. 

De acordo com a Unicef, a região "tem a maior concentração de números de gravidez adolescente no mundo".

Além disso, por terem que cuidar das crianças recentemente nascidas, as mães precoces são impedidas de entrar no mercado de trabalho, o que retroalimenta assim o círculo de pobreza.

Durante as últimas duas décadas, a América Latina "tem realizado importantíssimos progressos econômicos e sociais que impactaram positivamente" milhões de pessoas, disse María Cristina Perceval, diretora da Unicef para América Latina e Caribe, com sede no Panamá.

Ainda assim, a região segue sendo afetada "por profundas dívidas de dignidade e justiça, práticas sociais e mecanismos institucionais que reproduzem a violência e perpetuam a pobreza e exclusão", alertou.

AFP

Rússia ajudou Trump a vencer eleições, diz CIA

Donald Trump

A agência de inteligência CIA, dos EUA, concluiu nessa sexta-feira (9) que a Rússia interveio na eleição presidencial norte-americana de 2016 para ajudar o candidato republicano, Donald Trump, a alcançar a Casa Branca.

De acordo com a agência, foi avaliado que, à medida que a campanha presidencial de 2016 se concluía, o governo russo prestava auxílio ao magnata para vencer a candidata democrata e ex-secretária de Estado, Hillary Clinton.

Segundo publicação do jornal The Washington Post, os agentes secretos dos Estados Unidos descobriram que os hackers russos vazaram os e-mails do Partido Democrata para a organização Wikileaks. "A conclusão da Agência de Inteligência é que o objetivo da Rússia era favorecer um candidato a respeito de outro e ajudar Trump se eleger", disse uma autoridade da CIA ao jornal.

O governo da Rússia negou todas as acusações de interferência na eleição presidencial dos Estados Unidos. No mês de outubro, Washington acusou formalmente a Rússia de uma campanha de ataques cibernéticos contra organizações do Partido Democrata antes de Trump ser eleito.

 Agência Brasil 

Trem descarrila, explode e causa mortes na Bulgária

Trem descarrila

Um trem cisterna que levava gás GLP descarrilou na manhã deste hoje (10), na Bulgária, sofreu uma explosão e matou ao menos cinco pessoas. O acidente ocorreu perto da estação de Hitrino, que foi parcialmente destruída pela explosão, abalando também 20 imóveis na região.

A locomotiva tinha 26 vagões e as equipes de bombeiros fizeram operações de busca para encontrar sobreviventes. Cerca de 29 pessoas feridas foram encaminhadas a um hospital de Shumen, cidade vizinha de Hitrino. Há relatos de feridos em estado grave.

Sérgio Cabral é transferido de Bangu 8 para Curitiba pela PF


O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, deixou o Complexo Penitenciário de Gericinó pouco depois das 10h de hoje (9) para ser transferido pela Polícia Federal, informou a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária.

Cabral estava preso em Bangu 8, onde cumpre prisão preventiva pedida pelo Ministério Público Federal no âmbito da Operação Calicute. A operação investiga um esquema de corrupção que envolvia pagamento de propinas e lavagem de dinheiro e aponta Cabral como chefe da organização.

A transferência foi decidida pela Justiça Federal após um ofício do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro apontando que Cabral vinha recebendo visitas irregulares em Bangu 8.

O promotor André Guilherme Freitas diz no ofício que o réu teve visitas de amigos e familiares em desconformidade com a Resolução SEAP nº584, de 23 de outubro de 2016. O promotor destaca que apenas uma pessoa amiga poderia ter sido credenciada para visitá-lo, e apenas após a satisfação de formalidades listadas na resolução.

"Por outro lado, caso se tenha como visitação extraordinária a que vem ocorrendo em relação a este réu, cabe esclarecer que esta, quando desempenhada por autoridades públicas, deve estar estritamente relacionada ao exercício da função", diz o ofício, acrescentando que as visitas foram divulgadas amplamente pela imprensa, reconhecidas pela Secretaria de Administração Penitenciária e confirmadas em declarações públicas de um dos visitantes.

Em nota, a Seap afirma que todas as visitas de Cabral foram cadastradas dentro das normas da secretaria. "Cabe ressaltar que deputados possuem prerrogativas parlamentares para entrar e, inclusive, fiscalizar unidades prisionais a qualquer momento, sem necessariamente ser o dia de visita", diz o texto que informa ainda que câmeras da unidade prisional poderão ser solicitadas para a apuração de irregularidades.

Via No minuto

9 de dezembro de 2016

MPF obtém afastamento liminar do prefeito de Marcelino Vieira

O prefeito do município de Marcelino Vieira, José Ferrari de Oliveira, a secretária de saúde, Francisca Samara de Aquino Oliveira, e outros dois servidores do município estão afastados do cargo por decisão da 12ª Vara da Justiça Federal. A decisão atende a pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Pau dos Ferros, feito em ação de improbidade administrativa, ajuizada em novembro. Maria Ozilene Carvalho da Costa Oliveira também já havia sido afastada do cargo de secretária de saúde em processo antecedente (0800228-12.2016.4.05.8404).

O afastamento tem por objetivo garantir a instrução da ação, em razão de desvios e malversação de recursos do Fundo de Saúde pelos agentes públicos municipais. De acordo com a ação do MPF, as irregularidades permitiram o enriquecimento ilícito da Liga de Assistência Social Paróquia de Marcelino Vieira (Liga), entidade particular, de seus dirigentes e de terceiros.

As investigações levaram à descoberta de desvios do FMS para a Liga de três formas. Havia pagamentos mensais de autorizações de internações hospitalares (AIHs) em quantidades que não representavam a realidade, por terem sido falsificadas. Também foi descoberto que a remuneração de algumas empregadas da Liga, entidade particular, era paga com recursos destinados à Estratégia Saúde da Família. Apurou-se que integrantes da administração pública municipal, com aval do prefeito, obrigavam as auxiliares de enfermagem ESF a dividirem ao meio sua remuneração de R$ 1.300,00 com algumas empregadas da Liga e, assim, ocultar a irregularidade.

MPF

Cauda de dinossauro com penas é descoberta intacta em âmbar


Há cerca de 99 milhões de anos, um jovem dinossauro teve sua cauda plumada presa em resina de árvore, uma armadilha mortal para a pequena criatura. Mas o seu destino agora dá uma oportunidade única para os cientistas analisarem a espécie de dinossauro com penas, que prosperou durante o Período Cretáceo.

O pedaço de âmbar foi descoberto por acaso pelo líder do estudo, Lida Xing, da Universidade de Geociências da China, em Pequim. A preciosidade estava sendo comercializada num mercado de âmbar em Myitkyina, em Myanmar, destinada a se tornar uma curiosidade ou a peça de uma joia, mas Xing reconheceu seu potencial científico e sugeriu que o Instituto Dexu de Paleontologia o adquirisse.

Em estudo publicado no periódico “Current Biology” nesta quinta-feira, pesquisadores apresentaram um pedaço de âmbar — resina de árvore fossilizada — com um pequeno fragmento do rabo de um dinossauro. Medindo 36 milímetros, a estrutura é completa, com ossos, carne, pele e penas. O dinossauro em si também era pequeno, com menos de 6 centímetros, praticamente do tamanho de um pardal.

— É o primeiro de seu tipo — disse o paleontologista Ryan McKellar, do Royal Saskatchewan Museum, no Canadá, um dos pesquisadores envolvidos no estudo. — O novo material preserva a cauda que consiste em oito vértebras de um jovem animal, elas estão cercadas por penas que estão preservadas em três dimensões e com detalhes microscópicos.

Os cientistas suspeitam que a causa pertencia a um tipo de dinossauro parecido com uma ave, bípede, conhecido como maniraptora, um dos muito grupos desses répteis que possuía penas. Os pássaros, que surgiram por volta de 150 milhões de anos atrás, durante o Período Jurássico, evoluiu de pequenos dinossauros plumados.

— Nós vemos penas ainda presas à cauda, e nós podemos ver como elas se prendem, o formato delas em escala micrométrica, e características como o padrão de pigmentos — disse McKellar.

Multidão se despede de menina que 'pediu morte' a Papai Noel no sertão


Quatro dias antes de morrer, a adolescente Anny Lettícia, 14 anos publicou na rede social Facebook, que precisava desabafar, mas não tinha com quem. A menina foi encontrada morta na noite terça-feira (6), na cidade de Nova Olinda, Sertão do estado.

Já no último domingo (4), Anny compartilhou na mesma rede social, um bilhete dizendo “Senhor Noel, eu nunca te pedi nada de Natal, mas neste natal, por favor me mata, obrigado”.

Estudante pede morte a ‘Papai Noel’ e é encontrada com tiro na cabeça no Sertão

Também no Facebook, a Escola Joao Leite Neto, onde a adolescente estudava se solidarizou com a família. “Em nome de todos que fazem parte da família JLN manifestamos nossas condolências à família da nossa aluna Anny Lettícia, principalmente aos seus pais, pois, esta é uma perda irreparável”, publicou.
luto_anny

Uma multidão foi a casa de Anny Lettícia se despedir pela última vez da adolescente, e o sentimento destacado nas redes sociais é de inconformismo com o ocorrido.

Amigos se despedem de menina na cidade de Nova Olinda (Foto: Facebook)
Amigos se despedem de menina na cidade de Nova Olinda (Foto: Facebook)

Diário do Sertão 

Ex-Vitória, Vágner Mancini será o treinador da Chapecoense em 2017


A Chapecoense iniciou o planejamento e já tem um treinador para para a próxima temporada. Vágner Mancini vai treinar o time durante o ano que vem. Os últimos detalhes entre o técnico e o clube alviverde foram acertados na manhã desta sexta-feira (9) e apresentação oficial de Mancini será na durante o período da tarde. 

O último clube de Vágner Mancini foi o Vitória durante o Campeonato Brasileiro deste ano. No clube catarinense, ele terá a missão de participar da reconstrução da equipe, que perdeu grande parte do elenco e membros da diretoria durante o acidente com o avião que levava os jogadores para a partida de ida da final da Copa Sul-Americana e caiu próximo a cidade de Medellín. O acidente deixou 71 vítimas fatais, entre elas o técnico Caio Júnior. 

Antes de acertar com Mancini, a Chapecoense chegou a conversar com o técnico Levir Culpi, demitido do comando do Atlético-MG um dia após a derrota no jogo de ida da final da Copa do Brasil e que se colocou à disposição para treinar a Chape. Além do Brasileirão, a Chapecoense vai disputar o estadual, a Copa do Brasil e a inédita Copa Libertadores da América. 

Além do Vitória, Vágner Mancini acumula passagens por equipes como Grêmio, Botafogo, Santos e Vasco e Atlético-PR. Ele ganhou projeção nacional ao conquistar a Copa do Brasil comandando o Paulista de Jundiaí, em 2005.

Correio

Governo nega possibilidade de redução de idade mínima para aposentadoria


O Palácio do Planalto negou hoje (9) a possibilidade de redução da idade mínima de 65 anos para homens e mulheres requererem a aposentadoria, conforme previsto na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/2016, da reforma da Previdência, enviada na última segunda-feira (5) ao Congresso Nacional.

Em nota, o governo federal explica que a idade de 65 anos se baseia no envelhecimento da população brasileira e é “ponto central para que se encontre equilíbrio futuro nos gastos com aposentadorias”. O texto diz ainda que “o governo fará todo o possível junto à sua base aliada no Congresso Nacional para a manutenção do texto original da reforma”.

O relatório da PEC da reforma da Previdência deve ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados na próxima semana.

Agência Brasil

MP critica o fechamento de agências do Banco do Brasil no RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através da Promotoria de Justiça da Comarca de Natal, com atribuição na defesa do consumidor, manifestou repudio à decisão do Banco do Brasil de fechar seis agências e transformar outras sete em postos de atendimento no Estado.

Em nota assinada pelo promotor Leonardo Cartaxo Trigueiro, o MP criticou a decisão da instituição financeira e revelou que o banco já é objeto de ação civil publica protocolada pela 24ª Promotoria de Defesa do Consumidor da Comarca de Natal, justamente pela precariedade no atendimento aos clientes.

“Vale ressaltar que a falha na prestação de serviço do Banco do Brasil já é objeto de ação civil pública proposta pela 24ª Promotoria de Defesa do Consumidor de Natal, nos autos nº 0130865-28.2013.8.20.0001, em tramitação na 3ª Vara Cível da Comarca de Natal, consistente no descumprimento da Lei nº 5.054/98, que estabelece como tempo razoável para o atendimento bancário o limite máximo de 30 (trinta) minutos, em dias normais, e 45 (quarenta e cinco) minutos, em vésperas ou após feriados”, diz o promotor em nota.

Diante da situação, que, segundo o promotor já é precária, o MP entende que a decisão de fechar agências caminha na contramão de um serviço eficiente e adequado ao consumidor, sobretudo onerando aquele que reside no interior do Estado, que terá de se deslocar até a cidade mais próxima com agência bancária para o recebimento de sua aposentadoria, salário, benefício ou qualquer outra forma de remuneração paga por meio de crédito em conta. Diante disso, o Ministério Público comunicou que adotará todas as medidas cabíveis para garantir o direito básico do consumidor a uma prestação de serviço adequado e eficiente.

Confira a nota na íntegra

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO NORTE, por meio das Promotorias de Justiça da Comarca de Natal, com atribuição na defesa do consumidor, vem a público manifestar repúdio à decisão do Banco do Brasil S/A de fechar seis agências bancárias e a transformação de outras sete em postos de atendimento no Estado do Rio Grande do Norte, sob o argumento de fazer parte de um conjunto de medidas para ampliar o investimento no atendimento digital e aumentar a eficiência operacional.

No Rio Grande do Norte, foram anunciadas o fechamento das agências da Avenida Ayrton Senna, da Base Naval, do Hospital Universitário Onofre Lopes – HUOL, do Shopping Midway Mall, do Norte Shopping, todas em Natal, e da Base Aérea de Natal – BANT, em Parnamirim/RN.

Ainda, a referida instituição financeira decidiu transformar em postos de atendimento as agências bancárias dos Municípios de Natal (localizada na Sede do Tribunal Regional do Trabalho – 21ª Região), Mossoró (localizada na base da Petrobrás), Afonso Bezerra, Florânia, Governador Dixt-Sept Rosado, Martins e Pedro Avelino.

Vale ressaltar que a falha na prestação de serviço do Banco do Brasil já é objeto de ação civil pública proposta pela 24ª Promotoria de Defesa do Consumidor de Natal, nos autos nº 0130865-28.2013.8.20.0001, em tramitação na 3ª Vara Cível da Comarca de Natal, consistente no descumprimento da Lei nº 5.054/98, que estabelece como tempo razoável para o atendimento bancário o limite máximo de 30 (trinta) minutos, em dias normais, e 45 (quarenta e cinco) minutos, em vésperas ou após feriados.

Em que pese a já precária prestação de serviço pelo Banco do Brasil no Estado do Rio Grande do Norte, o MPRN entende que a referida decisão caminha na contramão de um serviço eficiente e adequado ao consumidor, sobretudo onerando aquele que reside no interior do Estado, que terá de se deslocar até a cidade mais próxima com agência bancária para o recebimento de sua aposentadoria, salário, benefício ou qualquer outra forma de remuneração paga por meio de crédito em conta.

Diante disso, o Ministério Público do Rio Grande do Norte adotará todas as medidas cabíveis para garantir o direito básico do consumidor a uma prestação de serviço adequado e eficiente, e impedir que o cidadão seja mais uma vez onerado por decisões arbitrárias como esta do Banco Brasil S/A.

Via Nominuto
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...