29 de maio de 2017

Polícia lança alerta sobre mala azul do autor do atentado de Manchester


A polícia lançou nesta segunda-feira (29) um alerta sobre uma mala azul que se acredita que esteve em poder do autor do atentado de Manchester, Salman Abedi, poucos dias antes do ataque. Num comunicado, as autoridades pedem que quem tenha visto Abedi com a bagagem entre 18 e 22 de maio entre em contato para informar detalhes.

"Acreditamos que Abedi estava em posse desta mala nos dias anteriores ao ataque da Manchester Arena no dia 22 de maio. Queremos destacar que este é um item diferente do que foi usado no ataque. Essa imagem foi feita em 22 de maio no centro. Não temos motivos para acreditar que a mala e seus conteúdos sejam perigosos, mas pedimos que as pessoas sejam cautelosas", diz aviso da polícia.

Os policiais alertam ainda que se virem algo relacionado à mala, que não se aproximem, mas liguem para o número de emergência.
O atentado de Manchester completa uma semana nesta segunda-feira (29) com uma nova detenção e a revelação de que o serviço de inteligência britânico investigará porque as advertências sobre o perigo representado pelo autor do ataque, Salman Abedi, foram ignoradas.

Britânico de origem líbia, Abedi detonou uma carga explosiva na saída da Manchester Arena ao fim do show da cantora americana Ariana Grande. O atentado deixou 22 mortos e 116 feridos.
A BBC e o jornal "The Guardian" revelaram que o MI5, agência responsável pela espionagem doméstica, abriu uma investigação para entender por que nada foi feito a respeito de Abedi ante as repetidas advertências de que estava fora de controle e era perigoso, formuladas por professores e líderes religiosos da comunidade muçulmana de Manchester.

A ministra do Interior, Amber Rudd, defendeu os serviços de inteligência ao afirmar que "desde 2013 desbarataram 18 planos separados" de ataques, em uma entrevista à BBC.
Ao mesmo tempo, ela admitiu que serão apresentadas demandas para "examinar se há coisas que poderiam ter sido aprendidas". "Não temos medo de aprender lições para melhorar", completou Rudd.

A polícia anunciou uma nova detenção no âmbito da investigação sobre o atentado de Manchester, o que eleva a 14 o número de pessoas que permanecem detidas. Um homem de 23 anos foi detido em Shoreham-by-Sea, no condado de Sussex (sul da Inglaterra). Ao mesmo tempo, a polícia realizou nesta segunda uma operação de busca em uma residência de Whalley Range, bairro da zona sul de Manchester.

G1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...