20 de maio de 2016

Professores da Uern rejeitam indicativo de greve aderem ao dia de paralisação dos servidores estaduais

Docentes realização passeata em Natal contra os atrasos salariais e os ataques aos direitos trabalhistas (Foto: Luciano Lellys).

Os professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) se reuniram em assembleia geral na manhã desta sexta-feira, 20 de maio, na sede da Associação dos Docentes da Uern (Aduern) para discutir o indicativo de greve da categoria, rejeitado, por hora, por 38 votos contra 36. Na assembleia, foi definida ainda a paralisação da categoria no dia 02 de junho, com realização de passeata em Natal contra os atrasos salariais e os ataques aos direitos trabalhistas.

Além de docentes, a assembleia contou ainda com a participação de representantes do Fórum dos Servidores Potiguares, que reúne sindicatos do funcionalismo público estadual, organizador da paralisação.

Este ano, devido aos atrasos nos pagamentos dos professores, a Aduern entrou com pedido de liminar na Justiça para que o Governo do Estado pague os docentes da Uern até o último dia do mês trabalhado e que a Reitoria da universidade também repasse os vencimentos dentro da data. O pedido ainda está sob análise.

Docentes participam da Semana de Luta das Instituições Estaduais e Municipais de Ensino Superior

Na próxima semana, entre os dias 23 e 25, a Aduern realizações dentro da Semana de Luta das Instituições Estaduais e Municipais de Ensino Superior, para discutir sobre os principais desafios para o próximo período.

Na segunda-feira, 23, às 8h no Auditório da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (Fafic), será realizada palestra sobre o Projeto de Lei (PL) 257 e suas implicações para a classe trabalhadora, ministrada pelo Professor Epitácio Macário, representante regional do ANDES e docente da Universidade do Estado do Ceará (UECE).

Ainda na segunda-feira, a partir das 19h, também no auditório da Fafic, será realizado o debate “Conjuntura Estadual e os impactos no funcionalismo público”, com a participação de representantes do Fórum dos Servidores Estaduais.

Na terça-feira, 24, a partir das 8h ocorre um ato político e cultural no Centro de Convivência da Uern.  Já às 19h o espaço recebe palestra com o tema “Escola sem partido”, que terá como facilitador o Professor e diretor da Aduern, Alexsandro Donato.

Encerrando as atividades da Semana de Lutas, serão realizados atos políticos e culturais no Centro de Convivência da Uern na quarta-feira, 25 de maio, às 8h e às 19h.


Ana Paula Cardoso ( O mossoroense)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...