20 de maio de 2016

Pai é preso por estuprar e engravidar filhas de 14 e 11 anos em Sapé; mãe incentivava crime


Na tarde de ontem (19) a Delegacia de Sapé recebeu uma denúncia de que um homem estava molestando duas menores na cidade. Após essa denúncia anônima, o Delegado acionou o apoio da Polícia Militar e do Conselho Tutelar relatando os abusos realizados por um pai a suas filhas.

De posse destas informações, foi montada a estratégia para a captura do acusado. Feito o cerco no local indicado pela Autoridade Policial houve a localização das vítimas, duas jovens, uma de quatorze e outra de onze anos, que vinham sendo abusadas por seu genitor há tempos, inclusive estando, ambas, grávidas do acusado.

O estuprador estava fugido e escondido, porém as diligências levaram a força tarefa ao sítio Castro no município de Mulungu onde se deu a prisão.

Outro fato relevante a ser noticiado é que as vítimas menores sofrem de problemas psicológicos, mas não se sabe se esses foram causados ou não pelos abusos sofridos.

Sobre o criminoso ainda recai outra acusação: o crime de ameaça contra dois idosos que sob essas ameaças tinham seus benefícios de aposentadoria usurpados pelo acusado.

Participaram da operação conjunta, a Polícia Militar, comandada pelo Cap. Amorim, Polícia Civil, liderados pelo Delegado Fred Magalhães e o Conselho Tutelar.

Reincidência – O estuprador já cumpriu 07 anos de pena na cidade de Alagoa Grande pelo mesmo motivo.

Mãe também foi presa – Na continuação das diligências da tropa da 3ª Cia/7BPM, a mãe das menores estupradas também foi presa.
Informações dão conta de que a mesma sabia, tinha conivência e incentivava a prática dos estupros provocados por seu companheiro.

A acusada estava em fuga à cidade de Guarabira quando recebeu a voz de prisão e depois foi apresentada à Autoridade Policial.


Yves Feitosa/David Martins
Via  paraiba.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...