22 de janeiro de 2016

Brasil conquista mais duas medalhas na Copa do Mundo de Halterofilismo Paralímpico

O Brasil conquistou mais duas medalhas nesta sexta-feira (22) na Copa do Mundo de Halterofilismo Paralímpico, no Rio de Janeiro. Evânio Rodrigues (até 80kg) e Rodrigo Marques (até 88kg) levaram uma prata e um bronze, respectivamente, em um dia apenas com provas masculinas.

O evento é qualificatório paras os Jogos Paralímpicos do Rio e também serve como teste para instalações, arena e operações para a competição mais importante do paradesporto.

Para chegar aos Jogos do Rio, os homens precisam estar entre os oito melhores de sua categoria até 29 de fevereiro, data-limite para a definição dos classificados. Entre as mulheres, é necessário estar entre as seis mais fortes para ficar com a vaga. Até o fim do próximo mês, ainda há duas etapas da Copa do Mundo da modalidade: uma em Dubai e outra na Malásia.

Evânio Rodrigues ficou com a prata ao erguer 193kg na barra logo na primeira tentativa. O atleta ainda tentou subir a marca para 197kg, mas queimou os dois movimentos com a carga. 

“Minha estratégia foi fazer 193kg para entrar no jogo e depois era subir mais quatro quilos e subir no ranking. Hoje estou em nono e minha chance será em Dubai ou na Malásia. Estou confiante e ainda vou treinar mais, ficar bem focado para chegar aos Jogos”, resumiu Evânio. O campeão da divisão foi o colombiano Jainer Rafael Cantillo, com 195kg (novo recorde das Américas). Fechou o pódio o americano Ahmed Shakif, com 178kg.

A outra medalha do dia, o bronze de Rodrigo Marques, veio com a marca de 186kg. O mineiro chegou a queimar a primeira pedida, 182kg, mas se ajustou na segunda e na terceira chance para confirmar a carga que garantiu mais um pódio para o Brasil na Copa.

“Fiquei satisfeito com a medalha, mas não foi o peso que estava imaginando. Queria algo entre 190 e 195, mas ainda assim foi gratificante. Agora na próxima etapa preciso chegar a 205kg e isso me deixaria classificado para o Rio-2016”, contou o atleta. À frente de Rodrigo ficaram Oniger Jesus Vega, de Cuba, com 197kg, e Francisco Palacios, da Colômbia, com 187kg.

As outras duas divisões que tiveram disputas nesta sexta-feira foram a até 65kg e até 72kg. Na mais leve delas, o campeão foi o argentino José David Coronel, com 130kg, seguido por Takashi Jo, do Japão, e José Manuel Coronado, da República Dominicana, com 126kg e 115kg, respectivamente.

Na categoria até 72kg, o pódio foi formado por Herbert Lopez, de El Salvador, com 145kg; e pelos chilenos Sebastian Castro, com 130kg, e Amaro Fica, com 115kg.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...