5 de setembro de 2015

Autorizadas 950 vagas para o concurso do INSS 2015; salários de até R$ 7.496

Está cada vez mais próximo este concurso, um dos mais esperados do Brasil! A portaria de autorização ministerial determinou que esta nova seleção terá como objetivo o provimento de 800 vagas nos cargos de Técnico do Seguro Social (nível médio) e de 150 de Analista do Seguro Social (nível superior em Serviço Social).

A contagem regressiva para a publicação do  edital tem deixado os candidatos apreensivos, já que o documento deverá ser disponibilizado antes de 29 de dezembro de 2015. Outro dado importante é que não está descartada a possibilidade de a organizadora do certame ser o Cebraspe (Cespe/UnB), tese inclusive reforçada por alguns dirigentes sindicais, mas esta confirmação deverá sair até o final de setembro.

A carreira de Técnico do Seguro Social proporciona uma remuneração inicial mensal em torno de R$ 4.886,87, enquanto que a de Analista poderá ter subsídio inicial de até R$ 7.496,10. O ideal para todos os candidatos neste momento é priorizar os estudos, com base no conteúdo estabelecido no edital anterior, principalmente os concorrentes ao cargo de Técnico do Seguro Social, cuja disponibilidade de materiais de estudo é maior.

Dicas
O professor Evandro Guedes, do Alfacon, adverte aos candidatos que a procura para o concurso do INSS é sempre grande, já que os cargos oferecidos são extremamente atraentes, tanto do ponto de vista remuneratório, quanto pelas características da própria carreira no órgão. “O último concurso ocorreu em 2012 e tivemos vagas para todo o território nacional, o que deve ocorrer novamente. As matérias básicas (português, informática, raciocínio lógico, direito administrativo e direito constitucional) jamais devem ficar de fora. A matéria chave é direito previdenciário e o candidato deve ficar atento às constantes mudanças na lei”, enfatiza.

Já o professor Reni Oswaldo, da equipe do Apostilas Opção, empresa que há mais de 20 anos atua no mercado de apostilas, lembra que a procura por este concurso está cada vez mais intensa, e obviamente sairão na frente os candidatos que começarem logo os estudos. "A dica principal é priorizar direito previdenciário, no entanto, por ser um concurso muito concorrido, o ideal mesmo é elaborar um bom e realístico cronograma de estudos, uma vez que sabemos que legislação em geral é assunto que deve ser estudado com muita atenção. Afinal, em concursos muito disputados, os detalhes podem fazer toda a diferença", afirma Oswaldo.

Greve: embora milhares de pessoas queiram fazer carreira no INSS, e apesar dos efetivos também amarem o que fazem, é fato que o órgão também deixa a desejar.  Há uma greve acontecendo no Instituto que já dura (até o fechamento desta notícia) cerca de um mês.  A representação sindical informa que mais de 80% dos 32.487 servidores em todo o país estão parados, mas o Ministério nega e diz que só 21,7% dos servidores aderiram à paralisação.

Dentre as lutas do movimento, as prioridades são: reajuste de 27,3%, incorporação de gratificações, melhores condições de trabalho e, claro, a realização de um concurso público. Na última assembleia da categoria, não houve avanços em relação ao reajuste salarial, pois, segundo o secretário de Relações de Trabalho do MPOG, Sérgio Mendonça,“isso é algo completamente inviável, considerando a conjuntura econômica que o país atravessa". Com relação ao concurso, tudo indica que a greve dará mesmo celeridade ao processo, e bem antes de dezembro deste ano teremos o edital publicado.

Concursos no Brasil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...