26 de agosto de 2015

Mulher que virou símbolo dos atentados de 11 de setembro morre de câncer

Marcy Borders tinha 42 anos
Marcy Borders tinha 42 anos Foto: Reprodução/ Facebook

A norte-americana Marcy Bordes, de 42 anos, que foi fotografada coberta de poeira numa imagem perturbadora e virou um dos símbolos dos atentados de 11 de setembro, em Nova York, morreu nesta terça-feira. Segundo o “The Huffington Post”, ela foi vítima de um câncer de estômago. A mulher trabalhava no Bank of América, que ficava no 81º andar na Torre Norte do World Trade Center.

Numa entrevista em 2011, Borders lembrou a tragédia. “Na manhã do dia 11 de setembro, o meu supervisor pensou que um pequeno jato poderia ter batido no edifício... Eu comecei a entrar em pânico e me sentei. Mas, do jeito como o edifício tremia, vi que eu não poderia ficar sentada”, disse Marcy na ocasião.

Ela lembrou ter visto cadeiras caindo do prédio, material de escritório e também pessoas. Marcy ainda disse que estava sufocada com a poeira quando foi fotografada, e sua imagem foi usada por muitos veículos de mídia para demonstrar o terror do dia dos atentados.

Marcy desceu as escadas do prédio quando a torre sul começou a cair. Um estranho a puxou para o lobby de um edifício próximo quando a outra torre começou a ruir. Foi quando o fotógrafo Stan Honda registrou a imagem dela coberta de poeira.

Segundo o “The Jersey Journal”, após o episódio ela sofreu de depressão e começou a beber muito, precisando ser internada numa clínica de reabilitação. No ano passado, Marcy foi diagnosticada com câncer de estômago em agosto do ano passado, e começou um ciclo de quimioterapia antes de passar por uma cirurgia, em dezembro.

O irmão da vítima, Michael Borders, lamentou a morte. "Eu não acredito que minha irmã morreu", escreveu no Facebook. O primo dela, John Borders, disse que Marcy era uma heroína. "Infelizmente ela sucumbiu às doenças que invadiram seu corpo depois do 11 de setembro. Além de perder muitos amigos e colegas de trabalho depois daquele dia trágico, as dores do passado ressurgiram ", escreveu.

O prefeito de Nova York Bill de Blasio fez uma homenagem para Marcy. “A morte de Marcy Borders é um lembrete difícil da tragédia que nossa cidade sofreu há quase 14 anos. Nova York acolhe seus entes queridos em nossos corações”, disse.

Extra 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...