26 de agosto de 2015

Maior guerra de tomates do mundo completa 70 anos na Espanha

Jovens participam da Tomatina em Buñol, na Espanha, na quarta (26) (Foto: Reuters/Heino Kalis)
Jovens participam da Tomatina em Buñol, na Espanha, na quarta (26) (Foto: Reuters/Heino Kalis)

A maior guerra de tomates do mundo, a Tomatina, começou nesta quarta-feira (26) nas ruas de Buñol, no sudeste da Espanha, onde 22 mil turistas e vizinhos comemoram o 70º aniversário desta tradicional festa.

A partir das 11 horas (6 horas em Brasília), sete caminhões começaram a descarregar um arsenal de tomates para a multidão de "guerrilheiros". Logo 150 toneladas destes frutos seriam lançados entre suas ruas, transformadas em um gaspacho gigante.

Milhares de turistas - britânicos, japoneses, indianos, australianos etc - chegaram a esta localidade de 9 mil habitantes, a 40 km de Valencia, decididos a não perder nada desta orgia de tomates nascida em 1945 após uma enfurecida briga entre jovens em um mercado.

Entre um estado de loucura generalizada, meninos e meninas em traje de banho brincam entre litros de suco ou se transformam em alvo dos outros participantes.

O prefeito da localidade, Rafael Pérez, afirmou a uma rádio nacional que o sucesso desta festa única deve-se ao fato de que os participantes podem enlouquecer

O prefeito cita o exemplo dos japoneses que, em sua opinião, "são pessoas muito frias, muito hieráticas, e quando chegam aqui se transformam".

Classificada como festa de interesse turístico nacional, a Tomatina limitou neste ano o número de participantes a 22 mil - dos quais 17 mil compraram por 10 euros um ingresso - já que a celebração reuniu até 45 mil pessoas em 2012.

Os organizadores acreditam que receberão nesta edição turistas de Kuwait, Vietnã e inclusive das ilhas Fiji no oceano Pacífico.

Da France Presse

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...