1 de agosto de 2015

Irmã e madrasta de Bin Laden mortas em acidente aéreo em Inglaterra

Equipas de socorro perto do local onde o avião caiu AFP/JACK TAYLOR

Duas familiares de Osama bin Laden estão entre as quatro vítimas mortais de um acidente aéreo com um pequeno avião privado em Inglaterra, disse a embaixada da Arábia Saudita em Londres.

O acidente deu-se quando o aparelho, um Phenom 300 da construtura brasileira Embraer, se despenhou num parque de automóveis para aluguer no momento em que se preparava para aterrar no aeroporto regional de Blackbushe, 60 quilómetros a sudoeste de Londres. O avião, segundo avançou a BBC, tinha partido do aeroporto italiano de Milão-Malpenza.

As vítimas mortais são o piloto jordano e os três ocupantes do aparelho. Segundo a televisão Al-Arabiyah, os passageiros eram Sana Mohamed bin Laden, irmã de Osama, o marido Zuhair Hashem, e a sua mãe, Raja Hashem, uma das madrastas do antigo líder da Al-Qaeda. Apesar do aparato do acidente e do local onde o avião caiu, não há feridos no solo a registar.

Numa mensagem difundida através do Twitter, o embaixador saudita no Reino Unido prestou “as suas condolências aos familiares do defunto Mohammed bin Laden”, pai de Osama bin Laden que morreu também num acidente aéreo em 1967 na Arábia Saudita, “e aos seus próximos depois do grave acidente com um avião que transportava membros da sua família”.

Mohammed morreu quando um piloto norte-americano falhou a aterragem numa pista aplanada junto a uma das suas obras no deserto saudita: o iemenita que deixou o seu país pobre e ainda adolescente, ergueu um império de construção na terra dos Saud e assegurava todas as empreitadas importantes no reino, incluindo centrais eléctricas, palácios, estradas, aeroportos e até a renovação de Meca, Medina e Jerusalém.

Quando o pai de Osama morreu, deixou 54 filhos, apenas dois maiores de idade; oficialmente, o tutor das crianças passou a ser o próprio rei. Na década seguinte, nos anos 1970, o mais velho, Salem, que o pai enviara para estudar em Londres, estabelecer-se-ia aos poucos como novo chefe da família. Salem tinha grandes planos - fundou logo em 1975 a Bin Laden Telecommunications - mas também gostava muito de adrenalina e adorava pilotar. Morreu ao experimentar um novo ultraleve no Texas.

A embaixada saudita em Londres assegurou que irá trabalhar com as autoridades britânicas no inquérito entretanto aberto às causas do acidente e para tratar do processo de repatriamento dos corpos para a Arábia Saudita.

Osama bin Laden foi morto em 2011 quando forças especiais norte-americanas invadiram o complexo onde se escondia na cidade paquistanesa de Abbottabad. A sua família já há muito que se afastara do homem responsável pelo 11 de Setembro e a Arábia Saudita retirara-lhe o passaporte e a nacionalidade.

Os Bin Laden sobreviveram à Al-Qaeda e a família ainda é uma das mais importantes dinastias empresariais do reino dos santuários do islão.

Fonte: PÚBLICO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...