20 de agosto de 2015

INÉDITO: DETENTO RECEBE ALVARÁ DE SOLTURA, SE NEGA A SAIR DO PRESÍDIO, É COLOCADO A FORÇA PRA FORA

"Foi uma cena inédita, eu nunca havia visto uma coisa dessas". A fala da diretora do Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato, Dinorá Simas, se refere ao acontecido no final da manhã desta quinta-feira (20). Um homem de 20 anos que cumpria pena por roubo na unidade se negou a sair da prisão ao receber o alvará de soltura. Ele rasgou o documento e teve que ser retirado à força do presídio. Minutos depois de ser solto ele assaltou uma pessoa na frente da unidade prisional. De acordo com a diretora, o alvará de soltura do apenado chegou à unidade na manhã desta quinta-feira. “Quando os agentes foram avisá-lo sobre a soltura, ele não quis nem sair da cela. Depois, quando chegou à secretaria para ser liberado, ele rasgou o documento e teve que ser conduzido à força para fora do presídio”, relatou Dinorá.

Ainda segundo o relato da diretora, o homem ficou por alguns momentos sentado na calçada em frente ao presídio. Momentos depois, o homem teria cometido um assalto contra a esposa de um advogado que passava em frente à unidade. “Aquilo gerou uma situação de pânico entre os parentes dos presos que estavam no presídio, mas a Polícia Militar conteve a situação rapidamente e prendeu novamente o homem”, disse a diretora.

A situação gerou confusão entre agentes e os policiais militares que recapturaram o homem. “Os policiais perguntaram se podiam deixar ele de volta no presídio. Eu disse que não era possível, então ele foi conduzido para a delegacia”. Contou Dinorá. “Antes de ser conduzido pelos PMs ele ainda disse para o vice-diretor: ‘Eu não falei que eu voltava?”, completou.

A diretora do presídio não soube dizer por quais motivos o apenado não queria sair do presídio. "Não sabemos os motivos dele, mas muitos deles não têm família e, apesar da situação complicada do sistema prisional, aqui eles recebem as três refeições diárias", disse Dinorá.

A polícia conduziu o homem para a 12ª delegacia de Polícia Civil de Natal, no conjunto Santarém, no bairro do Potengi, na Zona Norte da capital potiguar.

G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...