15 de agosto de 2015

Hospital do RN vai afastar motorista de ambulância preso por embriaguez


A direção do Hospital Ruy Pereira abrirá um processo administrativo para apurar o caso do motorista que foi preso por dirigir uma ambulância sob efeito de álcool na madrugada deste sábado (15) no bairro Tirol, na Zona Leste de Natal. Em nota, o hospital informou que o funcionário será afastado do trabalho.

“Aqui no Ruy Pereira nós orientamos a todos os funcionários sobre a questão na conduta no trabalho e no zelo pelos equipamentos. No caso desse motorista foi uma total irresponsabilidade o que aconteceu. Ele será afastado do trabalho e vamos abrir um processo administrativo para apurar responsabilidades", disse o diretor.

O diretor-administrativo do Ruy Pereira, Graciliano Sena, esclareceu que o motorista é do hospital, mas estava a serviço do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, também em Natal. A ambulância estava com a documentação atrasada desde 2010 e foi recolhida para o pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O veículo também pertencia ao Hospital Ruy Pereira e estava cedida ao Hospital Walfredo Gurgel.

O capitão Styvenson Valentim, coordenador da operação Lei Seca, explicou que a ambulância não tinha pacientes no momento da abordagem." O homem chegou a me pedir para liberar, mas como posso punir o cidadão comum e deixar o Estado impune? O Estado é que tem de dar o exemplo", afirma.

Além do motorista, outras dez pessoas foram presas durante a blitz por estarem dirigindo sob efeito de álcool. A operação também registrou 47 multas administrativas por embriaguez ao volante.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...