22 de agosto de 2015

Fórmula I: Hamilton não dá chances para Nico em Spa e anota 10ª pole. Massa é 6º


Líder da temporada 2015 e atual campeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton se esbaldou nas férias. Foi para a praia, desfilou em festas ao lado de celebridades, curtiu o carnaval de Barbados com a cantora Rihanna... Badalação intensa, que chegou a ser alvo de críticas. Que pareciam até fazer algum sentido quando o britânico, apático, foi dominado pelo companheiro deMercedes, Nico Rosberg, na sexta-feira, primeiro dia de treinos livres para o GP da Bélgica. 

Doce ilusão. Bastaram as coisas ficarem sérias no sábado, que o britânico mostrou que o foco e o talento estão intactos. Depois de sobrar no último exercício livre, disputado mais cedo, Hamilton não deu chances a Rosberg no treino classificatório no circuito de Spa-Francorchamps. Garantiu a pole position com o assombroso tempo de 1m47s197, quase meio segundo mais rápido que o alemão. É a décima pole dele em 11 etapas, a sexta consecutiva. Confira os momentos decisivos no vídeo acima.

Massa e Nasr herdam posições de pilotos punidos
Para os brasileiros, não foi um bom sábado. Felipe Massa avançou até o Q3, onde terminou com o sétimo tempo, enquanto seu companheiro da Williams se destacou com o terceiro lugar. O brasileiro, porém, largará na sexta colocação, em razão de uma punição de cinco posições aplicada a Romain Grosjean, pela troca do câmbio da Lotus - o franco-suíço havia terminado em quarto. Já o aniversariante do fim de semana Felipe Nasr não conseguiu dar um bom presente para si mesmo. Com dificuldades para se entender com o carro da Sauber, acabou eliminado logo no Q1, em 16º. Mas como Max Verstappen (STR) também foi punido, o brasiliense de 23 anos começará na 15ª posição.

Ferrari e RBR decepcionam
Quem também não deve ter ficado muito satisfeito foram os pilotos da Ferrari. Apesar de ser a segunda força do grid, a equipe de Maranello não conseguiu boas posições. Sebastian Vettel fez o nono tempo e largará em oitavo, enquanto Kimi Raikkonen teve problemas no carro durante o Q2 e ficou com o 14º lugar. Bem nos treinos livres, a RBR também esteve abaixo das expectativas neste sábado: Daniel Ricciardo começa em 5º, e Daniil Kvyat, em 12º. Os destaques positivos da atividade ficaram por conta de Romain Grosjean (Lotus) e Sergio Pérez (Force India), que anotaram o quarto e quinto tempos, respectivamente. 

O piloto da Lotus, no entanto, parte em nono por causa da punição. E por falar em punição, a McLaren trocou duas vezes as peças das unidades motrizes dos carros de Fernando Alonso e Jenson Button em dois dias, acumulando uma penalidade recorde de 105 posições, 55 para o espanhol e 50 para o britânico. Como é impossível cumpri-las na totalidade em um grid de 20 carros, ambos largarão na última fila.

Cinco pilotos são eliminados no Q1, mas na prática a disputa neste sábado era mesmo para não ficar com a última vaga. As outras quatro demais já estava praticamente garantidas: para Jenson Button e Fernando Alonso, já que a McLaren não tem andando bem em Spa, e para os piloto da pequena Manor, Roberto Merhi e Will Stevens. E o "felizardo" acabou sendo Felipe Nasr. O brasileiro da Sauber figurou nas posições intermediárias durante boa parte do tempo, mas acabou empurrado para 16º nos últimos segundos. 

Já Felipe Massa esperou até os últimos minutos para deixar os boxes com o objetivo de poupar pneus, e avançou em 14º. Seu companheiro, Bottas, precisou recorrer ao jogo de compostos macios por figurar na zona de corte nos instantes finais, mas se recuperou e garantiu a vaga no Q2, com o quarto tempo. Hamilton e Rosberg, com pneus médios contra macios dos demais, deram mais uma prova da superioridade da Mercedes e sobraram na turma, sendo os únicos a baixarem para a casa de 1m48s.  

Classificados: HAM, ROS, PER, BOT, SAI, VET, RAI, GRO, KVY, HUL, ERI, MAL, RIC, MAS, VER
Eliminados: NAS, BUT, ALO, STE, MER  

Q2 - FERRARI DE RAIKKONEN DÁ PROBLEMA

O Q2 foi interrompido a 8 minutos do fim por causa de um problema com a Ferrari de Kimi Raikkonen. O carro do finlandês teve uma pane no sistema de pressão do óleo na saída da curva 13 e ficou parado na pista. Com isso, o Homem de Gelo foi um dos eliminados da segunda parte da sessão. Outro que deu adeus mais cedo foi Max Verstappen. Sofrendo com perda de potência do motor da STR desde o Q1, o holandês sequer marcou tempo no Q2. Também caíram fora: Nico Hulkenberg, que errou uma freada na volta final, Daniil Kvyat e Marcus Ericsson. As Mercedes seguiram soberanas, dessa vez com Rosberg à frente de Hamilton. Vettel e Pérez vieram na sequência. Massa garantiu vaga na superpole com o quinto tempo, quatro posições à frente de Bottas.

G1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...