11 de junho de 2015

Servidores da saúde iniciam greve por tempo indeterminado

SAUDE-H2
Uma das principais reivindicações da categoria é o reajuste salarial de 27%.

Na manhã hoje (11), os servidores da saúde do estado iniciaram uma greve por tempo indeterminado, com um ato público, às 9h30, no hospital Walfredo Gurgel. De lá, os servidores realizaram uma passeata pelas avenidas Salgado Filho e Almirante Alexandrino, interrompendo o trânsito. A manifestação contou com a participação de servidores de hospitais da Grande Natal e de cidades como Mossoró, Pau dos Ferros e Caicó.

As principais reivindicações da categoria são o reajuste salarial de 27% e a isonomia para os servidores municipalizados, que estão há quatro anos sem reajuste e acumulam perdas de 61%. 

Além disso, é cobrada a implantação imediata das mudanças de nível vencidas desde 2013, tabela de qualificação, garantia de abastecimento de materiais e medicamentos nos hospitais e um novo concurso público para combater a sobrecarga nos locais de trabalho.

No último dia 3, o Sindsaúde se reuniu em audiência com a Casa Civil e secretários de Planejamento e Saúde. Na ocasião, o governo sinalizou com a implantação das mudanças de níveis atrasadas e o pagamento dos salários dos novos servidores, atrasados há sete meses, e direitos não cumpridos (insalubridade, etc). 

Porém, o governo alegou novamente não ter condições para conceder reajustes salariais e melhorias nos Planos de Cargos, e não se comprometeu com a realização de um novo concurso público.

Neta sexta-feira (12) ocorrerá uma nova audiência de negociação, às 11h na governadoria. Os servidores em greve irão para a porta da governadoria durante a audiência para pressionar o governo e dizer que só sairão da greve com uma vitória da categoria.

No minuto
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...