26 de maio de 2015

Prefeitos do RN participam da abertura da XVIII Marcha em Brasília


A XVIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios foi aberta oficialmente na manhã desta terça-feira, 26, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), com a presença de mais de 4 mil participantes, entre eles, aproximadamente, 140 prefeitos do Rio Grande do Norte, o maior número desde que a Marcha começou a ser realizada. A abertura do evento contou com a participação do ministro das Cidades Gilberto Kassab, do subchefe de Assuntos Federativos da Presidência da República, Olavo Noleto, senadores como Garibaldi Alves, deputados e vereadores.

O grupo, liderado pelo presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), Francisco José Júnior, que também é prefeito de Mossoró e 4º vice-presidente eleito da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), chega a Brasília com o objetivo de discutir pontos como com a Reforma Política, novo Pacto Federativo, Complementação pela União ao piso salarial, Valores Mínimos aplicados à saúde pela União, Participação dos Municípios na arrecadação das contribuições sociais, Redistribuição de royalties, entre outros.

“Conseguimos articular a maior participação de prefeitos desde que a Marcha foi criada. Essa presença maciça comprova o nosso compromisso, enquanto presidente da FEMURN, de levar as reivindicações dos nossos prefeitos ao Governo Federal, Congresso Nacional, mostrando que estamos unidos e somando esforços em busca de superar as dificuldades enfrentadas”, destacou o presidente da FEMURN, Francisco José Júnior.

Durante a abertura da Marcha, representantes de cada uma das cinco regiões do Brasil apresentaram as demandas de seus municípios, e enalteceram a importância do evento. Representando o Nordeste, o prefeito de Afogados da Ingazeira, no Pernambuco, afirmou que além do Governo Federal, o Congresso Nacional também tem sua parcela de responsabilidade pela atual situação de crise vivenciada pelas cidades brasileiras.

“Precisamos sim fazer os ajustes necessários, agora é preciso que o Governo e o Congresso deem a mão aos prefeitos do Brasil. Todos devemos ser parceiros para melhorar o país”, comentou José Patriota, que também é presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE).

Em sua fala, o ministro Gilberto Kassab, defendeu as ações do Governo Federal em prol dos municípios, mas também reconheceu que é preciso, com bom senso e rapidez, estabelecer novas parcerias com as cidades. “Enquanto não acontece o Pacto Federativo, que os Estados e o Governo Federal continuem apoiando os municípios. A União tem feito a sua parte, com programas como o Minha Casa, Minha Vida, por exemplo, mas não é só isso que os municípios querem, eles querem estabelecer parcerias, e o que a gente precisa é iniciarmos esses entendimentos e que eles sejam definitivos”, concluiu.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...