26 de maio de 2015

Antes de ser morto, mototaxista revelou suposta ameaça de morte e nome do acusado


O mototaxista caicoense Diego Luís Soares Lago, de 29 anos, morto a tiros por desconhecidos numa rua próxima do Hospital Regional, em Caicó, nessa segunda-feira 25, disse aos policiais que poderia ser morto por um outro mototaxista, inclusive revelou o nome.

O suposto acusado já tem passagem pela polícia por envolvimento com o mundo das drogas e afins. Há 15 dias este acionou a polícia dando conta ter sido vítima de um assalto, no qual sumiu a moto, objetos pessoais e R$ 2.500,00 em dinheiro, mas não havia acusados.

A colegas, Diego disse que tinha R$ 2.500,00 para receber do colega mototaxista que fora roubado 15 dias atrás, inclusive dizia que o assalto ao companheiro não passava de uma farsa, já que tudo apareceu sem o auxilio da polícia, menos o dinheiro, mas que iria reaver essa quantia de qualquer jeito, e por isso estava sendo ameaçado de morte.

Diego Lago disse que a quantia devida pelo colega era de um consórcio de dinheiro criado pelo suposto acusado.

Fonte: Jair Sampaio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...