28 de abril de 2015

Tamar comemora 20 milhões de filhotes no mar no RN

O Tamar do RN vai realizar uma soltura simbólica de filhotes amanhã (29), às 16h, na praia do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno.

Em 35 anos de trabalho no estado do Rio Grande do Norte, o Projeto Tamar conseguiu liberar ao mar em segurança vinte milhões de filhotes de tartarugas marinhas. O número é um marco para a conservação dos oceanos e a proteção a esses animais ainda ameaçados de extinção. 

Para comemorar, o Tamar vai realizar uma soltura simbólica de filhotes acontecerá na praia do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, nesta quarta-feira (29), às 16 horas.

Os filhotes serão soltos na Prainha para fazerem sua primeira caminhada para o mar, simbolizando os 20 milhões de tartaruguinhas que já tiveram a chance de iniciar a grande jornada da vida com a ajuda do Tamar e de muitas pessoas que também cuidam e se preocupam com os oceanos.

"É uma conquista da sociedade brasileira e de todas as pessoas que trabalham corajosamente para proteger as tartarugas marinhas", lembra o coordenador nacional e um dos fundadores do Tamar, Guy Marcovaldi. 

Segundo a coordenação do projeto, esses resultados são importantes em 35 anos, pois nasceu uma nova geração de tartarugas marinhas no Brasil que aos poucos vai reconquistando as nossas praias. Infelizmente, apenas um de cada mil desses filhotes vai sobreviver. 

"Existem apenas 7.300 fêmeas, aproximadamente, desovando no país, e uma tendência consolidada de crescimento das populações de tartarugas marinhas. As redes de pesca são a maior das ameaças e as luzes artificiais nas praias de desova (fotopoluição), entre outros perigos, podem diminuir este número drasticamente. Por isso, precisamos do apoio de toda a sociedade para proteger esses animais ameaçados de extinção", explica Marcovaldi.

Projeto
Criado há 35 anos, o Projeto Tamar é uma cooperação entre o Centro Tamar/Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Fundação Pró-Tamar. Trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção.

Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 25 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

No minuto 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...