17 de abril de 2015

Revista veja demite mais quarenta empregados

vejadilma

A crise da mídia impressa chegou à revista Veja, que, nesta quinta-feira, anunciou um processo de reestruturação que deve cortar 40 empregos.

Tradicionalmente poupada nos cortes feitos pela Abril, desta vez Veja não escapou do ‘passaralho’, nome dado nas redações aos processos de demissão em massa.

Estão sendo encerrados os suplementos Veja BH e Veja Brasília. Em São Paulo, onde funciona o centro de decisão da publicação mais politicamente engajada do País, sempre alinhada ao PSDB, estão sendo cortadas as vagas de editores com maiores salários e mais tempo de casa.

O ‘passaralho’ de Veja se insere no processo de derrocada da mídia impressa, em tempos de universalização da internet, das redes sociais e de equipamentos como tablets e smartphones.

Na última semana, o Estado de S. Paulo anunciou 120 demissões (suspensas pelo Tribunal Regional do Trabalho) e a Folha promoveu 50 demissões.

A Editora Abril anunciou nesta quinta-feira (16/4) um processo de reestruturação na revista Veja, sua principal publicação. IMPRENSA apurou que a empresa jornalística encerrou as atividades da Veja Brasília e Veja BH no impresso. A última edição das revistas vai circular no próximo sábado (18/4).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...