21 de abril de 2015

Casal congela corpo de filha na esperança que medicina a traga de volta à vida

Foto: Reprodução de Internet

Os pais da tailandesa Matheryn Naovaratpong, de dois anos, que morreu vítima de um tumor no cérebro, congelaram o corpo dela na esperança que os avanços da medicina tragam a menina de volta à vida.

De acordo com o "Daily Mail", a criança pode se tornar o ser humano mais jovem a ter o corpo preservado criogenicamente (técnica que conserva o organismo em baixas temperaturas).

Ela foi diagnosticada em abril de 2014, chegou a fazer um tratamento e ficou em coma. Em janeiro de 2015, os pais decidiram desligar os aparelhos que a mantinham viva.

"O congelamento fornece a oportunidade de Matheryn respirar novamente quando a tecnologia for fornecida e adequada para sua doença", disse o pai da menina. Segundo o jornal, os pais podem gastar cerca de R$ 800 mil para conservar o corpo.

"Eles esperam que, a partir da preservação do tecido desse tipo de câncer, possam um dia chegar a um melhor tratamento e, até mesmo, a cura. Se você pensar amplamente sobre o que eles estão tentando fazer, é muito altruísta", disse o diretor da clínica onde os pais da menina fizeram o processo de congelamento, nos Estados Unidos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...