24 de março de 2015

MINISTÉRIO PÚBLICO PEDIU PRISÃO DE JOGADOR DO FLAMENGO

Luiz Antonio não foi detido por decisão da juíza
Luiz Antonio não foi detido por decisão da juíza Raphaela de Almeida Silva

O Ministério Público também pediu a prisão do meio-campista do Flamengo Luiz Antonio no inquérito que investiga uma das maiores milícias do Rio. Ele só não foi preso por decisão da juíza Raphaela de Almeida Silva, titular da 29ª Vara Criminal, por entender que o jogador tem bons antecedentes e emprego fixo.

O pedido do MP e da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) era que tanto o jogador, como o seu pai, Luiz Carlos Francisco Soares, fossem presos preventivamente. A ideia da polícia civil era prender o atleta na concentração para o jogo contra o Vasco, realizado no último domingo.

Luiz Antonio, o pai, e um amigo deles, o policial civil Alexander da Rocha Antunes, conhecido como Sérgio Preto, foram denunciados por estelionato e organização criminosa. De acordo com as investigações, o jogador teria presenteado com um carro de luxo um dos chefes da milícia. A acusação de estelionato se deve ao fato de que o pai do volante ter feito um registro de roubo do veículo para se beneficiar do pagamento do seguro.
O advogado de Luiz Antonio e seu pai não retornaram as ligações da reportagem.

ESPN
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...