17 de março de 2015

Detentos do Pavilhão 3 da Penitenciária Mário Negócio destroem 18 celas em motim

celasmossoro

Por volta das 11h30, cerca de 200 detentos do Pavilhão 3, lados A e B, da Penitenciária Agrícola Mário Negócio iniciaram uma rebelião. Os presos começaram o motim logo após o almoço batendo nas grades e queimando colchões e alguns presos fizeram outros detentos de refém. Ao todo, 18 celas foram destruídas.

Quatro presos ficaram feridos e foram salvos após a entrada dos agentes que notaram o motim, segundo o vice-diretor da unidade prisional, José Fernandes. Aparentemente, José Fernandes disse que eles não tinham nenhuma reivindicação, mas acredita-se que a ordem tenha partido do foco das rebeliões no Rio Grande do Norte.

Ele disse que o movimento foi controlado por volta das 12h30 quando eles conseguiram contornar a situação. “Os agentes foram recebidos com paus, pedras. Eles quebraram tudo lá dentro. Queimaram colchões. O cenário neste pavilhão é de destruição”.

De Fato
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...