28 de fevereiro de 2015

Tarifas da Cosern terão reajuste extra de 2,8%

Com reservatórios de hidrelétricas quase secos, governo eleva tarifas para conter o consumo

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) foi autorizada pela Aneel a aplicar um reajuste extraordinário de 2,8% nas tarifas de energia elétrica a partir de segunda-feira. A medida faz parte da estratégia do governo de transferir para os consumidores os altos custos da produção de eletricidade em consequência dos baixos níveis dos reservatórios das principais hidrelétricas do País. Além da Cosern, outras 57 concessionárias receberam autorização para aplicar o reajuste, cuja média é de 23,4%.

A revisão extraordinária está prevista nos contratos de concessão das distribuidoras e permite que a Aneel revise as tarifas para manter o equilíbrio econômico e financeiro do contrato quando forem registradas alterações significativas nos custos da distribuidora, como está ocorrendo agora, em função da crise hídrica.

O consumo de energia está em alta no Rio Grande do Norte. No ano passado houve crescimento de 4,8% em relação a 2013. A classe residencial foi a que apresentou o maior percentual de crescimento, com um aumento de 7,1%, motivado pela elevação na renda da população, que favoreceu a compra e o maior uso de aparelhos de refrigeração nas residências para enfrentar as altas temperaturas. A Cosern encerrou o ano de 2014 com 1.303.616 clientes.

 tnonline
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...